14 de jun de 2008

Era uma vez...



Era uma vez.... Numa aldeia havia uma senhora com duas filhas, uma chamada Kissanga e outra Binga. Ela era uma senhora que fazia o papel de pai e mãe.
Nesta mesma região havia certos "Maquícis". Maquícis é uma palavra que em Kimbundo significa homens canibais ou seres gigantescos. As pessoas da aldeia, por vezes, eram presas por estes mesmos "Maquícis".
A mãe, não tendo nenhum meio de sobrevivência a não ser lavrar, arriscava-se a ir lavrar e colher a alimentação para as suas filhas, que eram pequenas.
Certo dia, quando ela caminhava para a lavra, deu de encontro com estes seres que a raptaram e a levaram para o local onde eles viviam, com o objectivo de a comer.
As filhas, vendo que a mãe não aparecia, decidiram seguir pelo mesmo caminho para ir ao encontro da mãe.
Durante a caminhada, elas deram de encontro com várias pessoas da aldeia, que não foram capazes de dizer se haviam visto a mãe delas.
As meninas, desesperadas por não encontrarem a mãe, perguntavam por ela até mesmo aos animais. Até que uma pomba lhes disse onde estava a mãe delas. Sendo assim, pediram à pomba para salvar a mãe e a pomba assim fez .
A mãe e as filhas voltaram a ser muito felizes.

Augusto Jacinto Kihunga
Estudante da Universidade da Namíbia